Você deve ter lido esse título e pensado, “Ué, mas dicas de glitter? É só comprar minha cor preferida e tacar na cara! No corpo todo!” Na verdade, nossas dicas vão além de que cor escolher e onde comprar, hoje vamos falar um pouquinho do impacto ambiental que todo esse glitter está causando.


Com o aumento considerável dos bloquinhos de rua nos últimos anos, veio junto o aumento da montação. O povo tá indo com tudo nas fantasias, fazendo cabeças de flores, tiaras decoradas, peças elaboradas e temáticas. E estão usando MUITO glitter, mas muito MESMO.

 

 

Maquiagem com glitter

 

 


O problema é que o glitter não é um material biodegradável, sabiam? E quanto ele entra em contato com a água, ele mata peixes e outros animais que ali vivem. “E agora, como vou fazer? Quero muito tomar banho de glitter pra arrasar nas ruas!”
Por sorte, muitas lojas já estão investindo no glitter biodegradável, então você não vai precisar abdicar de nada! Essa matéria da UOL (só clicar aqui) traz cinco marcas que vendem esse novo conceito de glitter biodegradável. A Pura bioglitter, a Cami.nito, a Glitra, a Brilhow e a Zim Color. Todas têm Instagram e você pode conferir os produtos!

 

 

Glitter biodegradável

 

 


Mas é lógico que também temos uma carta na manga! Sabiam que o glitter culinário dá o mesmo efeito e, como é comestível, não faz mal para os animais? Isso se chegar até eles, né? Porque ele é super biodegradável. Dá pra encontrar em qualquer loja de itens para confeitaria, ou até mesmo em grandes supermercados, dependendo de onde você morar.


Pronto, não precisa deixar o glitter de lado pra se preocupar com a natureza, é só seguir essas diquinhas e bom carnaval pra todo mundo!