Quem aqui cresceu nos anos 1990 junto com as meninas DJ, Stephanie e Michelle? Pois é, na hora do almoço ou no final da tarde, a gente corria pra TV pra poder espiar quais seriam as próximas aventuras das três junto com o pai, o tio e o amigo do pai (que também virou tio, né?). Três é Demais (Full House em inglês) fazia nossas alegrias.


Como a Netflix é a melhor decide pegar séries que amávamos pra fazer remake, Full House virou Fuller House e agora vemos as peripécias das meninas já grandes, tomando o lugar do pai e dos tios.

 

 

O elenco de Fuller House

 

 

 


DJ, a mais velha, já tem três filhos. Kimmy, a vizinha e amiga mala (mas que amamos) da DJ, já tem uma filha e Stephanie, que ainda não tem filhos, ajuda as duas a cuidar da casa, pois todas acabam morando juntas para poderem dar apoio umas às outras. 

Logo no começo da série, sabemos que DJ tornou-se veterinária, então ela usa muito jaleco, há muitas cenas no consultório dela e do Matt, que eventualmente vira o namorado dela. Mas, como sempre, os jalecos não são nenhum Dra. Cherie, né? Mas calma que um dia a gente chega lá. 

 

 

Dj Tanner de jaleco

 

 

Sexta passada (dia 22), a Netflix lançou a terceira temporada do remake, que está muito engraçada, como sempre! Os filhos das meninas estão maiores, começam e enfrentar problemas de adolescentes, o bebê começa a andar, várias coisas fofas acontecem! E vários conflitos amorosos também com Matt e Steve, o ex-namorado de adolescência da DJ. Mesmo ainda sem Michelle (as gêmeas Olsen), dá apra passar uns bons momentos de diversão. Olha só o trailer! 

 

 

 


Mas vamos parando por aqui, pois não queremos das spoiler e estragar a maratona de vocês. Só vamos terminar dizendo que a série é muito legal, damos cinco estrelas!