Ele foi sucesso nas redes sociais, recebemos muuuitas curtidas quando publicamos ele no Instagram. Já sabem de quem a gente está falando? Nossa última coleção trouxe um jaleco super especial pras veterinárias que cuidam nos nossos bichinhos como filhos, o Vet Love, já viram? Ele tem um cãozinho e um gatinho bordados no bolso e é a coisa mais fofa! Os botões trazem estampa de patinhas, um super diferencial. Fora que o tecido é tecnológico, o corte é super estruturado e cai super bem, o que já é característica nossa. Mas, como o assunto pet também é sério, principalmente agora, no fim do ano, aproveitamos a deixa pra falar de um assunto delicado.

 

 

Jaleco Vet Love

Clica pra comprar!

 

 

Chega o fim do ano, muito se fala sobre não soltar fogos por causa dos cães e idosos, de abandono porque tem gente que vai viajar e não tem com quem deixar, de casos de fuga por descuidos com portão aberto, então hoje vamos fugir um pouquinho dos nossos temas de sempre pra dar algumas dicas básicas pra você e seu cãozinho ficarem de boa nessa época tão complicada!


Medo de Fogos


Não adianta, podem aprovar quantas leis quiserem, fazer quantos réveillons quiserem sem fogos, vão ter sempre as pessoas que não ligam muito pra isso e que vão soltar fogos com barulho. Então, o mais fácil é mesmo tomar algumas precauções com seu bichinho.

 

 

Cães e fogos

 


Se o seu cão tem medo de fogos e fica arisco e agitado, tente colocá-lo em um lugar menor, por exemplo, um cômodo só da casa, e sem muitas distrações e objetos pra que ele não bata em nada e se machuque. Se ele tiver medo e procura esconderijo, não fique tentando acalmá-lo, pois esse nosso comportamento só incentiva ele a achar que os fogos são realmente algo pra se ter medo. Temos que tratar os fogos como se fossem algo “normal” pra ele ver que o medo é desnecessário.


Viagem


Vai viajar? Dependendo do porte do seu cãozinho, tente levá-lo com você, mas certifique-se antes que o local para onde você vai é pet friendly, ou se o membro da sua família com o qual você vai se hospedar gosta de cachorros e não liga se você levar.

 

 

Hotel canino

 

 


Não tem como levar? Deixe com alguém de MUITA confiança da família ou um amigo muito próximo que goste do seu bichinho, que você já o tenha visto interagir com o animal. Se você não tiver ninguém assim, o melhor mesmo é confiar em serviços profissionais, sempre pesquisando muito na internet as avaliações do local, ou até mesmo o Dog Hero, um serviço de hospedagem de animais muito interessante, parecido com o Air BnB.


Animal de Presente


Uma das situações mais delicadas que acontecem no fim do ano é que as pessoas aproveitam pra dar animais de presente pra crianças ou outras pessoas. Isso gera um aumento nos casos de abandono em janeiro e fevereiro, porque muitas dessas pessoas ganham o animal sem saber! Isso é muito perigoso.


Quer presentear com um animal, certifique-se que a pessoa já esteja querendo há tempos, conheça os cuidados que precisa ter, os gastos que dá (muito importante!), se o animal for de raça, conheça todas as peculiaridades da raça (muitos acham uma determinada raça bonitinha, mas não fazem ideia do trabalho que dá cuidar) e que, dentro da sua estrutura familiar, todos estejam de acordo com a entrada de um animal na casa.

 

 

Pug de pelúcia

Lembrem-se, esse não dá trabalho!

 

 


Animal não é brinquedo, não é descartável e muito menos dá pra brincar um tempinho e deixar de canto, ele precisa de cuidados DIÁRIOS, precisa gastar energia, dá trabalho e exige muita dedicação, então pense muito bem antes de presentear ou até mesmo querer fazer a boa ação de resgatar um cãozinho. Analise BEM!


Um cãozinho ou um gatinho são bichinhos que vão acompanhar você durante a vida toda deles, que já é mais curta que a nossa, então nada mais justo do que a gente proporcionar o maior conforto pra que eles tenham uma vida digna, cheia de amor e carinho. E isso não muda nas festas, combinado?