Não é de hoje que existem bases em conta gotas, bem fluidas, quase líquidas mesmo, no exterior. Ou até mesmo no Brasil, mas importadas, daquelas marcas famosas que nem sempre estamos dispostos a gastar tanto pra ter. Mas agora as marcas nacionais perceberam a necessidade de correr atrás e ter vários tipos de produtos, não só aqueles tradicionais que estamos acostumados. E é disso que vamos falar hoje!


Duas marcas já bem famosas no país lançaram suas versões da base fluida, o Boticário e a Vult. A gente assistiu os vídeos da Niina Secrets, que fez resenha dos dois produtos nessa ordem, e podemos dizer que ficamos bem animadas pra testar.

 

 

Base Air Power o Boticário

Base Air Power Make B. com pincel

 


Segundo ela, a base do Boticário é mais oleosa, porém cobre melhor. Só que a consequência disso são os poros mais marcados e uma base meio “craquelada” enquanto vai saindo durante o uso. Ela recomenda para peles não muito oleosas, mas é sempre bom ver o vídeo todo, né?

 

 

 


Já a base da Vult promete cobertura mais leve, e é o que ela tem mesmo. Mas até aí tudo bem, porque a marca não prometeu aquele “reboco” pesado! Segundo a Niina, a base dura umas seis, sete horas e sai de maneira mais bonita, sem craquelar ou marcar o que não deve. Olha só o vídeo todo.

 

 


No mais, essas bases são bacanas pra usar no dia a dia, lembrando que a do Boticário tem um fator de proteção solar bem mais alto do que a grande maioria das bases, então pode ser uma boa pra usar sempre.

 

Base Fluida Vult

Base fluida Vult


Os preços são 89,90 para a do Boticário com 25 ml e 27,90 (preço sugerido) para a da Vult com 20 ml. O Boticário também vende um pincel furadinho no meio para a aplicação perfeita da base, mas funciona com um kabuki também, então sem crise caso não queira gastar mais.


Vale lembrar que as cores também são poucas para as duas marcas. Os tons são puxados para o amarelo e não existe tom escuro o suficiente para pele negra. A gente acha que no Brasil TEM que ter sempre, então vale aquele pedido amigo pras marcas.


Outras marcas já estão apostando na base fluida, como a Jequiti. Quando as resenhas forem aparecendo, a gente volta pra contar. E você, já experimentou alguma dessas bases nacionais? Tem alguma queridinha gringa? Conta pra gente!