No post passado, falamos um pouquinho das tendências dos anos 90 que estão voltando para a moda de hoje em dia. Aqui na Dra. Cherie tem muita gente que era criança nessa época e é unânime, um dos brinquedos que mais marcaram foi mesmo a Barbie!


Temos sorte de ter conseguido fechar essa parceria tão incrível com uma das precursoras não só no segmento de bonecas firmes, menores e adultas, mas também em vários quesitos que vamos falar nesse post, pois hoje a homenagem é toda dela!


Primeiro é importante dizer que o nome dela veio do apelido da filha de sua criadora, Ruth Handler, que se chamava Barbara. Ela observou que sua filha adorava brincar com aquelas bonequinhas de papel que vinham com roupinhas para prender e notou a necessidade de criar bonecas “adultas”, já que a grande maioria das bonecas era retratos de bebês. E, detalhe, o ome do Ken foi homenagem ao irmão de Barbara, Kenneth! 

 

 

Ruth Handler e suas Barbies

 

 

Também é importante lembrar que a Barbie sofreu forte evolução desde os anos 60, quando foi criada. Antes, era apenas um corpo delineado, cabelos volumosos e ela sempre olhava para o lado direito. Passava aquele ar de “mulher impecável e intocável”. Com o passar do tempo, ela foi ganhando profissões, parentes, amigos, seu rosto foi virado para a frente e ela foi ganhando proporções mais reais.


Sabia que a Barbie foi a primeira boneca a ter pele negra? Sim, em 1969, os EUA passava por uma luta de igualdade de direitos civis, portanto Ruth decidiu abordar a causa criando uma amiga negra para ela, a Christie. A boneca acabou influenciando na opinião não só de crianças, mas de adultos também sobre o assunto.

 

 

Barbie Negra

 

 


Em 1980, a Mattel resolveu fazer uma série chamada “Bonecas pelo Mundo”. Vários países ganharam Barbies com traços e vestimentas típicas, teve até Barbie rainha da Inglaterra! Nessa época, a Barbie tornou-se não só mais um brinquedo, mas também um item colecionável para adultos.

 

 

Barbie Espanhola

 

 


Da década de 90, década essa que muitas de nós éramos crianças, a febre dos acessórios da Barbie foi MUITO forte. Tinha a casa da Barbie, a piscina da Barbie, o carro conversível da Barbie, tudo da Barbie! Mas o melhor, e o que inspirou muito a nossa coleção, eram os acessórios de suas profissões! Cachorrinhos para veterinárias, estetoscópios para médicas, pastinha para executivas, todas elas vestidas de acordo com a profissão.

 

 

Barbie Veterinária

 

 


Dos anos 2000 pra cá, surgiram alguns outros modelos de Barbies com proporções de corpo mais reais. Hoje em dia, dá pra encontrar a linha “Fashionista” da Barbie com influencers plus size nas lojas, o que é um grande avanço. Além disso, a Barbie, que havia sido proibida no Oriente Médio por sua aparência, ressurgiu em 2017 usando um uniforme de esgrima e um hijab, aquele lenço que as muçulmanas usam na cabeça. A Mattel alegou que é importante mostrar respeito por todas as religiões, o que agradou muito por lá.

 

 

Barbie com hijab

 

 


Enfim, depois de tanta coisa, não tem como não dizer que, de fato, quando falamos em Barbie, pensamos que ela pode ser mesmo o que ela quiser! Ela tem várias profissões, vários tipos de corpo, vários estilos e não depende de ninguém pra nada! Que ela continue esse sucesso que foi ontem, é hoje e será pra sempre! Se depender de nós, com certeza continuará.